A luz como lembrança foi a sensação que procuramos colocar em jogo, por isso o projeto foi um processo criativo colaborativo entre iluminação e a cenografia, onde os limites de um e outro se fundem.

As referências partem das raízes culturais nordestinas mescladas com as influências dos povos vindos de Benin (África) e abordando a maneira como esses povos, chegando ao Brasil, trataram a questão da memória e do esquecimento. A concepção cenográfica consiste uma instalação preenchida com focos de luz e sombra produzida por refletores manipuláveis que alteram, revelam e modificam o espaço.  As estruturas pantográficas permitem deslocar a luz 360º, suspender ou posicioná-la próxima ao solo. A corneta estabelece um dialogo com a trilha sonora do espetáculo. 


Ficha técnica 

Espetáculo Brasileiros! Balé da Cidade de São Paulo, Sesc Pinheiros

Coreografia Árvore do Esquecimento: Jorge Garcia
Cenário: Leo Ceolin Estudio
Figurino:  João Pimenta
Iluminação: Ari  Buccioni
Música: Eder o Rocha